Saúde

Cedral-Áudios de moradores relatam preocupação com coronavírus na região

Ouça os áudios a baixo:

Áudios que circulam em grupos de aplicativos de mensagens, relatam a preocupação dos moradores e profissionais da saúde de Cedral com o COVID-19 o coronavírus.

Nos áudios, os moradores indignados falam da real situação da doença que é grave no município, dizem que a gestão está “escondendo muita coisa”, não há informações sobre ações no combate a doença, e ainda profissionais se arriscando sem equipamentos de proteção em campo.

“ eles nos mandam (pras) ruas sem máscaras…era para eles nos dar máscaras e álcool em gel”  relatos de quem corre o risco de serem infectados. Em outro áudio moradores relatam ainda, que o próprio secretário de saúde, Douglas Rabelo, evita contatos, porém envia “áudios atrevidos” e manda recados para pessoas que cobram seu posicionamento como chefe da pasta. “quando ele (secretário de saúde Douglas Rabelo) se bater comigo ele vai me dizer poucas e boas” diz áudio.

Informações repassadas, relatam que em Cedral a  população se previne como pode, segundo profissionais da saúde local, até o médico o Drº Paulo câmara, que atendia no município desistiu de trabalhar na cidade, devido ter que arcar com os equipamentos de proteção individual os EPIs, assumiu a sua vaga o Drº Wilson Carvalho. Segundo informações o profissional chega a receber pelos trabalhos prestados na cidade cerca de 6 mil reais por mês.

Outra informação repassada, é em relação à classe de Agentes de Saúde que somam no município cerca de 34 profissionais, somente na sede trabalham 07 e em comum acordo irão passar a atender por telefone. Para os pacientes não ficarem sem visitas, entrarão em contato e indagarão sobre os principais sintomas, como: gripe, febre, falta de apetite, dor na cabeça entre outros. Sem equipamentos de proteção individual (EPIs), os Agentes de saúde temem contaminar e serem contaminados, devido terem contatos com muitas pessoas diariamente, trabalhar na linha de frente da doença sem proteção é o risco que correm todos os dias.

A Secretaria Municipal de Saúde não se manifestou sobre as acusações e problemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *