Notas do blog

Vanusa Farias se manifesta através de nota sobre evento cancelado de grupo político

A Liderança política e comunitária, Vanuza Farias aliada a gestão municipal, manifesta esclarecimentos em relação às criticas e acusações sobre o cancelamento do evento de reggae pela organização, que iria acontecer na cidade de São José de Ribamar no último dia 24/09

Segue Nota

Como liderança comunitária, estou profundamente tranquila e venho por  meio desta nota, prestar os seguintes esclarecimentos sobre o evento que foi cancelado no município.

Esclareço que a oposição, mais uma vez comete um equívoco, o evento de reggae cancelado em questão, nada mais é que um marketing político organizado pelo então pré-candidato a prefeitura de Ribamar, Jota Pinto com a Aliança Ribamarense de São Luís, comportamento bastante já conhecido de produzir espetáculos “midiáticos”, sobre atuação política, sustento tal afirmação com convicção de quem já esteve em conversas com o grupo.

Mesmo se tratando de colegas, de oposição, vejo um total desrespeito e falta de Ética de quem está chegando, sem conhecimento político local, parte para uma briga pessoal e esquece o embate do discurso e atitudes que vence toda e qualquer questão.

Por conta disso, percebo como São José de Ribamar já sofreu e continua sofrendo,  pois enquanto atitudes e ideias pequenas como essa existirem, vamos está a mercê da velha politicagem e falta de respeito com o povo.

O Prefeito desta Cidade, Eudes Sampaio assumiu um compromisso com o povo, e vem trabalhando muito e arrumando a casa e corrigindo erros todos os dias, mas ainda vem sendo alvo de críticas por atitudes erronias de gestões anteriores.

Mesmo com a crise financeira estadual, ele continua firme, com uma equipe compromissada sempre dando o melhor para atender a população, positivamente ao que lhe foi confiado.

Digo ainda, que a festa organizada pelo grupo Aliança Ribamarense, intencionados politicamente no município, se tratava de um evento organizado pelo pré-candidato Jota Pinto, que após ter a licença do local negado, insistiu em realizar a festa, o que causou desconforto para todos. Além disso, de maneira antiética  pretendia realizar o evento no mesmo espaço que a prefeitura separou para comemorar o aniversário da cidade e no mesmo Horário da missa.

Por conta disso, os poderes públicos competentes agiram de acordo com as normas e leis, e impediram o evento irregular de acontecer.

Teimosia e irresponsabilidade foi o que partiu  do então pré-candidato a Prefeito de São José de Ribamar Jota Pinto, ex-deputado em São Luís.

Liderança Comunitária Vanuza Farias

Caso que não cabe ao gestor municipal tomar decisões, existem protocolos a serem seguido para a realização de eventos. Os poderes e autoridades municipais agiram dentro da lei, que não é para ser questionada, mas sim obedecida.

Por fim deixo expressa minha resposta ao público, não por um lado, mas por entender que existem protocolos e normas que precisam ser cumpridas.

Concluo dizendo governar um município não é tarefa fácil, precisa de preparo e equilíbrio, segurar suas emoções para agir de forma ética com o povo é indispensável. Finalizando achando um ato falho da oposição.

 

Vanuza Farias

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *