Notas do blog

Tá amarrado: Pastor é preso acusado de agredir esposa, por não aceitar sexo anal

Foto Divulgação

Na noite do último domingo(26), o pastor da Igreja Assembleia de Deus do Parque São José na cidade de Imperatriz, a 632 km da capital, Francisco da Silva Neves, conhecido como “Irmão Francisco”, foi preso durante o culto.

Ele é acusado de agredir e estuprar a própria esposa. A vítima deu entrada no Hospital Socorrão de Imperatriz. Segundo ela foi espancada esposo, a equipe médica que atendeu o caso acionaram a polícia.

Em depoimento a vítima que não foi identificada, relatou que conheceu o pastor através de um aplicativo de relacionamento na Internet e que estava casada com ele a cerca de seis meses.

A vítima afirmou que foi obrigada a fazer sexo anal e que o acusado tentou asfixiá-la com o travesseiro. Diante disso os policiais foram até a igreja onde o pastor Francisco realizava o culto e deram voz de prisão ao acusado.

Ao ser levado para a delegacia “Irmão Francisco”,  negou a acusação dizendo que não  sabe quem agrediu a sua esposa. A vítima devido a gravidade dos ferimentos foi transferida para o hospital Macro Regional.  O acusado foi autuado em flagrante na Lei Maria da Penha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *