Notas do blog

Pinheiro – Inauguração do Mix Mateus movimenta madrugada na Cidade

Foto / Ascom Cores

A fila já dava voltas do lado de fora, bem antes do horário anunciado para a tão aguardada abertura das portas do mais novo Mix Atacarejo do Maranhão, em Pinheiro, na Baixada. Na frente de todo mundo estava a dona de casa Aline Saraiva, que não quis perder tempo e foi a primeira a chegar ao local. “Quis vir logo bem cedo para garantir a minha entrada na loja e poder comprar o que estou precisando. Quero levar fralda, que está bem em conta. No Mix Mateus, é preço baixo de verdade”, revelou entusiasmada. Ao todo, 15 mil produtos foram colocados à disposição dos consumidores no primeiro dia de funcionamento e continuarão a atender às necessidades do público.

Assim como Aline, milhares de outros consumidores, tanto de Pinheiro quanto de outras cidades da região, lotaram a mais nova unidade do Grupo Mateus em busca das ofertas especiais de inauguração. A comerciante Samya Ribeiro percorreu 132 quilômetros de Turiaçu a Pinheiro para abastecer o estoque do comércio que mantém na cidade onde mora. “Os preços estão muito bons. Consegui comprar bastante produto para revender no meu comércio. Antes, tinha que ir até São Luís, geralmente, no Mix Mateus do João Paulo. Agora ficou bem melhor, economizamos até com os gastos da viagem de ir para capital”, destacou satisfeita a comerciante.

Cerimônia

Pouco antes da inauguração, como de costume em todas as cerimônias do tipo realizadas pelo Grupo Mateus, o presidente do Grupo, Ilson Mateus, aproveitou a solenidade para agradecer aos colaboradores, fornecedores e ao município de Pinheiro. No discurso, Ilson Mateus ainda destacou a importância de estar presente na cidade conhecida como Princesa da Baixada e o desejo de contribuir ainda mais com o desenvolvimento do município.

“Pinheiro é uma cidade polo e essa loja não é somente para este município, mas para toda região. A ideia do Mix é ofertar produtos de boa qualidade e a preços justos tanto para os consumidores finais quanto para os comerciantes, que revendem a mercadoria e, com isso, movimentam a economia local. No Mix Atacarejo, pequenos e atacadistas encontram vantagens nas compras que precisam fazer”, ressaltou Ilson Mateus.

Além desses segmentos, o presidente do Grupo Mateus mencionou outro setor que é bastante beneficiado com a chegada do empreendimento à cidade de Pinheiro: o turismo. “Com o Mix, atendemos ao mercado transformador que é composto por hotéis, restaurantes, lanchonetes, etc”, frisou.

O prefeito do município, Luciano Genésio (PP), também prestigiou a solenidade e, em discurso, destacou a importância do Mix Mateus. “Esse momento também foi sonhado por nós, pois a Baixada Maranhense já necessitava de algo desse porte. Pinheiro é a cidade polo de saúde, com hospitais de média e alta complexidade; de educação, pois tem várias instituições de ensino universitário; e, agora, também a passa a ser um polo industrial e comercial com o Mix Atacarejo. Tenho certeza que vamos avançar com mais oportunidade de emprego para o povo pinheirense. Estamos muito felizes”, enfatizou.

Emprego e renda

Foto / Ascom Cores

Com a inauguração do Mix Atacarejo em Pinheiro, o Grupo Mateus incrementa a economia da região e favorece a geração de emprego e renda. Só para se ter uma ideia, com o início das operações em Pinheiro, foram criados exatos 326 postos de trabalho na nova loja, com quase total mão-de-obra local. Isso sem falar da geração de renda indireta. “O que vemos acontecer com frequência é o surgimento de novos negócios, o que movimenta capital e fortalece a economia”, comentou Ilson Mateus. 

Com a carteira de trabalho assinada pela primeira vez, aos 21 anos, Milena Oliveira conquistou a vaga de operadora de caixa. “Já havia trabalhado outras vezes, mas informalmente. Para mim, era um sonho ter minha carteira assinada, receber o meu salário e os meus direitos trabalhistas, e agora tenho essa oportunidade. Estou muito feliz e vou fazer o meu trabalho da melhor forma possível”, assegura otimista a jovem trabalhadora.

Representando do Governador Flávio Dino, o Secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, que também participou da cerimônia de inauguração, enfatizou o fortalecimento da cadeia produtiva da região, com a chegada do Mix Atacarejo. “A presença do grupo Mateus aqui deve trazer dois elementos para essa região. Primeiro o fortalecimento dessa cadeia produtiva, trazendo um novo jeito de comercializar; e depois, para a população, que terá uma loja ampla, bem localizada e confortável, além de uma variedade de mercadoria. Eu acredito que ganha o grupo Mateus, com a expansão do negócio, ganha a cidade de Pinheiro e toda região, porque contarão com esse importante atacarejo e produtos com preços bem acessíveis”, opinou o Secretário Simplício Araújo.

Estrutura do Mix Pinheiro

O novo empreendimento do Grupo Mateus tem uma megaestrutura: são mais de 11 mil metros quadrados de área total construída, sendo 4,8 mil só no salão de vendas. No estacionamento, espaço para 560 veículos, entre motos e carros. Nas diversas seções espalhadas pela loja, um mix com mais de 15 mil produtos para atender a todo o público da cidade e da região, que é repleta de pequenos e médios comerciantes.

Reconhecimento

Na véspera da inauguração, em sessão extraordinária realizada pela Câmara de Vereadores do Município de Pinheiro, o presidente do Grupo Mateus, Ilson Mateus, recebeu o título de cidadão pinheirense. Durante a solenidade, conduzida pelo presidente da Casa, vereador Eliseu de Tantan, o público presente conheceu um pouco mais da trajetória pessoal e profissional de Ilson Mateus. Em outro momento, os vereadores deram destaque à contribuição do Grupo Mateus com a geração de emprego e desenvolvimento para os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Pará.

 

Além dos vereadores, estiveram presentes o prefeito da cidade, Luciano Genésio (PP); o vice-prefeito, prof. Stelio; o Secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo; e colaboradores do Grupo Mateus.

 

Sobre o Grupo Mateus

 

Nascido da visão empreendedora e persistência do empresário Ilson Mateus Rodrigues, o Grupo Mateus completou 32 anos em agosto de 2018. Presente nos estados do Maranhão, Pará e Piauí, o Grupo atua nos setores do varejo, atacado, eletrodomésticos, indústria de panificação e distribuição de medicamentos.

 

Com 106 unidades de negócios e mais de 24 mil colaboradores, a empresa é considerada uma das maiores do país no setor varejista ocupando, atualmente, a 5ª colocação no ranking nacional e registrado um faturamento de R$8,3 bilhões em 2018. Em janeiro do ano passado o Grupo deu um importante passo para seu plano de expansão. Foi concluída a primeira fase da ampliação do Centro de Distribuição de São Luís, que ao final terá 115mil/m2. Simultaneamente foi inaugurada uma Central de Perecíveis. Em outra fase ainda será construída uma nova Indústria de Panificação e o Grupo também passará a porcionar carnes, pescados, a fabricar sorvetes, sucos e comida no sistema cook chill. Estão sendo investidos R$200 milhões no projeto de ampliação do CD.

 

Estes números ajudam a contar a história de uma empresa que começou como uma pequena mercearia de apenas 50m2, em Balsas, interior do Maranhão. Hoje, com investimentos significativos em logística, tecnologia, recursos humanos e comunicação o Grupo Mateus possui um plano audacioso de expansão que prevê a abertura de 350 novas lojas nos próximos cinco anos, ampliando sua atuação para o Piauí e Tocantins. A expansão representará a contratação de mais 24 mil colaboradores. 

 

O Mateus em números 

– 32 anos

– 24mil colaboradores

– Atuação nos estados do Maranhão, Pará e Piauí 

– 106 lojas no total (Super,Hiper, Mix Atacarejo, EletroMateus, Camiño)

– Faturamento: R$8,3 bilhões (2018) – Geração de ICMS Maranhão: R$ 32 milhões/mês (referência dezembro 2018)

– Plano de Expansão: 350 novas lojas

– Novas vagas de Emprego: + 24 mil colaboradores

 

Reportagem Dalva Rêgo

Jornalista e coordenadora geral da Cores Comunicação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *