Notas do blog

Greve Rodoviários – Sem avanços em negociações nove empresas poderão cruzar os braços nesta quarta (30)

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, informou que está previsto uma nova paralisação para esta quarta-feira(30), a categoria a meses lutando por negociações com empresários, as cobranças e exigências que a entidade tem feito, para que a categoria possa ter os salários e outros benefícios pagos sem atrasos, os empresários, seguem desrespeitando o que determina a Convenção Coletiva de Trabalho.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, na semana passada notificou dois Consórcios, que juntos somam dez empresas, para que os trabalhadores fossem pagos, no prazo máximo de 72 horas, caso contrário, essas empresas sofreriam paralisações. A entrega dessas notificações só foi concluída no fim da tarde de quinta-feira (24), sendo assim, o prazo de 72 horas (prazo legal pedido pela justiça), só passou a ser contado a partir de sexta-feira (25), sendo finalizado nesta terça-feira (29).

Mesmo com todas essas notificações nada mudou. As empresas que integram os Consórcios Upaon-Açu e Central, que estão sem salários dos trabalhadores são: Consórcio Upaon-Açu (Tapajós; Matos; Marina; Abreu; São Benedito; Aroeiras; Viper e Pelé). Consórcio Central (Ratrans).

“Nossa intenção, juntamente com os trabalhadores, era deflagrar a paralisação dessas empresas devedoras, já nesta segunda-feira (28), mas como houve atraso na conclusão da entrega das notificações e em cumprimento aos trâmites judiciais, respeitaremos o prazo legal de 72 horas, que se encerra na noite desta terça-feira (29). Caso os trabalhadores ainda não tenham recebido nada, já nas primeiras horas de quarta-feira (30), nenhum ônibus dessas nove empresas, vai rodar” disse Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

 

Ascom Sind. Rodoviários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *