Notas do blog

Atenção PROCON/MA – Passageiros estão sendo tratados como objetos por motoristas e cobradores

Foto Divulgação

Passageiros que dependem do transporte coletivo no conjunto Nova Terra em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís, nos últimos meses tem enfrentado muitas dificuldades relacionadas a prestação de serviço das empresas de ônibus,Trans Requinte e Transpremium.

Questões de horários, informações, além da falta de empatia por parte dos funcionários das empresas,  é um problema, que vão ainda da qualidade do transporte até o atendimento, e quem precisa diariamente usar o serviço para se locomover na cidade, tem que aguentar os transtornos.

Os carros sujos e sucateados, transportam todos os dias, milhares de passageiros do bairro, as cadeiras com ferros desencapados, elevadores e degraus quebrados, dificulta a descida dos passageiros, cadeiras sujas e molhadas, causam desconforto para quem precisa logo cedo sair para o trabalho, isso acontece diariamente a bastante tempo e diversas reclamações já foram feitas e nada foi resolvido.

Um caso recente aconteceu nesta quarta-feira(03), na avenida principal da Cidade Operária, segundo um passageiro que não quis se identificar, o motorista do ônibus que faz linha Nova Terra São Cristóvão, parou o carro no meio da avenida, colocando os passageiros em risco, que para subir no coletivo, tinham que disputar o espaço com motos e carros de passeios que passavam no local. Ainda segundo os passageiros o motorista identificado apenas como “Salomão” maltratou uma Senhora enquanto descia do ônibus, chamando palavrões, um passageiro que ficou incomodado, também foi distratado.

Moradores indignados, relataram o caso, e esperam uma resposta urgente dos órgãos competentes. Segundo eles, irão procurar o Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA), que nos últimos anos tem se destacado em intensas fiscalizações,  em defesa do consumidor, para que possam ter um serviço mais digno e confortável, no bairro.

Nas primeiras horas de hoje(03), motoristas e cobradores fizeram paralisação, por falta de pagamentos. Segundo o sindicato as empresas não cumpriram com o acordo coletivo do trabalho, os moradores foram pegos de surpresa.

Ainda segundo informações, a falta de valorização dos funcionários, é um dos motivos para os trabalhadores estarem desmotivados, o que vem sendo refletido nos usuários do transporte.

Procuramos as empresas para resposta e ainda não recebemos o retorno.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *